Nossas Memórias

Aqui você poderá conhecer a nossa história e memórias, em cores e sons! 

 

Núcleo de Comunicação

O Plano Executivo de Capacitação Temática do Observatório Ambiental Jirau tinha como objetivo a formação de monitores ambientais para a produção e divulgação de informações socioambientais.

Este plano foi inspirado em uma experiência, realizada pela Energia Sustentável do Brasil S/A, concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau, que desenvolveu em Mutum Paraná um ciclo de oficinas de Cinema, Documentário, Pesquisa social e Meio Ambiente em 2008.
 
A comunidade expressou em seus curtas metragens o pensamento crítico e processual em relação aos conflitos socioambientais existentes na região. O resultado foi a produção de três documentários: Mutum-Madeira, A Era do Ouro e Mutum até Debaixo d`água.
 
Assim, em 2009, o Observatório Ambiental Jirau iniciou suas atividades em Mutum Paraná, incluindo as oficinas temáticas. Atividades estas, transferidas para Nova Mutum Paraná em julho de 2010.

Produções do Núcleo

IMG_0534.JPG

Jornal Observação!

IMG_6357.JPG

Principais Matérias

Lecture
 
 
 

Em Nova Mutum Paraná, o Observatório obteve conquistas importantes, dentre elas a possibilidade de disponibilizar a comunidade um jornal impresso com enfoque nos acontecimentos da região, denominado Jornal Observação! e, também, um portal na internet, ambos de responsabilidade do Núcleo de Comunicação Social do Observatório Ambiental Jirau, formado por jovens da comunidade.

As oficinas de Pesquisa Social, Cinema Ambiental, Comunicação Popular e Linguagem Audiovisual, Internet e Mídias Sociais ocorreram de forma continua até 2012, momento em que a equipe do Núcleo de Comunicação Social do Observatório Ambiental Jirau começou a desenvolver as técnicas com autonomia e assumiu o papel de multiplicadores de informações na comunidade. De 2012 até hoje, os consultores técnicos em Comunicação Popular e Linguagem Audiovisual, Internet e Mídias Sociais realizam o acompanhamento a distância por meio da internet e acampamento presencial quando necessário.
 
No decorrer deste processo, em 2011, o Observatório inscreveu dois curtas metragens no 2º Festival de Cinema Curta Amazônia, onde o júri concedeu aos monitores participantes das oficinas de Pesquisa Social e Cinema Ambiental um troféu como Prêmio Incentivo pela produção do vídeo ambiental “Depoimentos sobre o lixo”. Na ocasião, os documentários “Às Margens do Rio” e “Depoimentos Sobre o Lixo” foram exibidos na Mostra Amazônica, ocorrida em Porto Velho, Candeias do Jamari e Cacoal .